Seguidores

quarta-feira, 19 de julho de 2017

O Sol está prestes a entrar em uma nova fase


Nosso Sol pode parecer algo que nunca muda em nosso céu, mas na verdade ele é muito mais variável do que você pensa. Agora, ele está indo em direção ao seu período de menor atividade.

Isso é chamado de mínimo solar, quando a atividade do Sol atinge seu ponto mais baixo. Nós vemos menos flares vindo nosso caminho e menos manchas solares. Por outro lado, por que o mínimo solar ocorre, ainda é um mistério.
O ciclo solar leva cerca de 11 anos, à medida que o Sol se move do seu máximo solar para o mínimo solar e vice-versa. O último máximo solar ocorreu em 2014, com um mínimo solar esperado em 2019 ou 2020. Durante este período, haverá muito menos flares solares visíveis no Sol e menos manchas.
O que isso significa para nós? Bem, provavelmente não vai mudar muito. Mas no espaço, pode causar mudanças bastante dramáticas.
Um dos efeitos que isso causará é na órbita terrestre baixa, onde satélites e lixo espacial muitas vezes têm que lidar com o arrasto atmosférico realçado por efeitos do Sol que atingem a atmosfera. Durante um mínimo solar, há menos dessas efeitos atmosféricos – o que é bom para os satélites, mas ruim para limpar o lixo espacial.
O nome em si é um pouco equivocado, porque, por enquanto a atividade está apenas diminuída. Especificamente, pode desenvolver buracos coronais – vastas lacunas em seu campo magnético que permitem que partículas de movimento rápido do interior do Sol escapem. Quando atingem nossa magnetosfera, elas podem causar efeitos no tempo espacial, como tempestades geomagnéticas e auroras.
Além disso, o mínimo solar também pode ser um perigo para os astronautas, pois nossa atmosfera permite a entrada de mais raios cósmicos: Partículas de alta energia de outras partes do universo, como as supernovas, podem representar riscos para a saúde.

Como mencionado anteriormente, ainda não sabemos exatamente o que impulsiona o ciclo solar. Temos certeza de que está relacionado ao campo magnético do Sol, mas o funcionamento exato disso não é claro. A cada dia vamos sabemos um pouco mais sobre os efeitos disso, então espere ver muito mais notícias sobre o mínimo solar nos próximos anos. [IFLS]
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO