Seguidores

sexta-feira, 30 de junho de 2017

US SOLDIER AFIRMA TER PASSADO 17 ANOS LUTANDO CONTRA ALIENÍGENAS EM MARTE

Um ex-US Marine afirmou ter passado 17 anos de carreira em MARS.

O ex-soldado de infantaria naval, que utiliza o pseudônimo Capitão Kaye, diz que foi postado no Planeta Vermelho para proteger cinco colônias humanas das formas de vida marcianas indígenas.

Ele afirma que ele passou quase três anos servindo em uma "frota espacial" secreta administrada por uma organização multinacional chamada Força de Defesa da Terra, que recruta pessoal militar de países como EUA, Rússia e China.

[Irp posts = "8968" name = "CAPTAIN" K "DE MARS (Soundcloud Audio)"]

O testemunho do capitão Kaye revela que a principal colônia humana em Marte é chamada de Aries Prime, que está localizada dentro de uma cratera. Aries Prime serve como sede da Mars Colony Corporation. De acordo com o capitão Kaye, o ar é respirável na superfície de Marte, e a temperatura pode ser quente às vezes.


Em testemunho divulgado à ExoNews TV, o capitão Kaye disse que foi treinado para voar três tipos diferentes de lutadores espaciais e três bombardeiros.

Ele acrescentou que o treinamento ocorreu em uma base lunar secreta chamada Lunar Operations Command, a lua Titan de Saturno e no espaço profundo.

O capitão Kaye diz que se aposentou depois de um passeio de 20 anos, descrevendo uma cerimônia de aposentadoria na lua que ele afirma ser presidido por VIPs, incluindo o ex-secretário da Defesa, Donald Rumsfeld.

Depois de servir 17 anos de um passeio de 20 anos, os eventos mudaram dramaticamente quando praticamente todo o pessoal de combate da Força de Defesa de Marte foi convidado a recuperar um artefato extraterrestre de uma caverna sagrada para os Reptilianos Indígenas. O capitão Kaye descreveu como mais de 1000 homens e mulheres foram mortos em uma batalha subseqüente e apenas 28 de seus colegas, inclusive ele, sobreviveram.

Ele afirma que existem duas espécies indígenas em Marte, ambas altamente inteligentes. Uma delas era uma espécie reptiliana que era muito agressiva na defesa de seu território. A outra era uma espécie Insectoid que era igualmente capaz de proteger seu território. Ele disse que os marcianos indígenas não estão particularmente interessados ​​em expandir seu território, apenas mantendo-o. O capitão Kaye disse que, enquanto a força de defesa de Marte e a Mars Colony Corporation não invadiram o território dos marcianos indígenas, haveria relações estáveis.




VÍDEO: A COLÔNIA SECRETA DE MARTE




Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO