Seguidores

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Stephen Hawking possui três teorias “viáveis” que permitiriam viagens no tempo

O cosmólogo e físico teórico britânico Stephen Hawking apresentou três ideias teoricamente viáveis para viajar através do tempo, uma das quais ele disse ser muito prática. Confira abaixo:

1 – Através da quarta dimensão
Para entender tal questão, você precisa primeiro aceitar que o tempo é uma dimensão, bem como uma largura, altura e comprimento. Para exemplificar isso, Hawking utilizou um exemplo de percurso de carro. Assim, se você vai para frente é uma primeira direção, se virar à direita ou esquerda, isso caracteriza uma segunda. Se viaja até a estrada de uma montanha, utiliza a terceira. Logo, a quarta dimensão é o tempo.

Segundo ele, filmes que tratam sobre o assunto de viagem no tempo, muitas das vezes apresentam uma característica máquina que requer grandes quantidades de energia. “A máquina cria um caminho através da quarta dimensão, um túnel através do tempo”, disse ele. “O viajante é sempre um bravo indivíduo, ou talvez temerário, que está preparado para sabe-se lá o que. Ele dá um passo para dentro do tempo túnel e emerge sabe-se lá quando. O conceito pode ser exagerado, e a realidade pode ser muito diferente desta, mas a ideia em si não é tão louca”, explicou.

2 – Por meio dos “buracos de minhoca”
De acordo com ele, as leis da física permitem a noção de viagem no tempo por meio do que conhecemos como “buracos de minhoca”. Para Hawking, esses buracos estão ao nosso redor, só que são muito pequenos para serem vistos. Além disso, o cientista considera que nada que conhecemos é liso ou completamente sólido e tudo possui pequenos buracos e rugas. Logo, isso também significaria que o tempo, bem como a quarta dimensão, também são repletos de imperfeições, o que poderia ser explorado para realizar tais viagens. O problema apenas é conseguir encontrá-los.
Em escalas minúsculas – ainda menores do que as atômicas – a matéria se torna o que é chamado pela física de “vapor quântico”. E justamente aí que residem os tais buracos. Eles são pequenos túneis que se abrem e fecham aleatoriamente e poderiam levar a dois lugares completamente diferentes no tempo. Apesar de possuírem medidas minúsculas, o físico defendeu que elas poderiam ser esticadas, deixando-as suficientemente grandes para que uma pessoa pudesse atravessá-las.

Contudo, cientistas acreditam que somente viajar para o futuro seria possível, pois as leis da natureza, mais especificamente a relação entre causa e efeito, poderiam inviabilizar o processo de volta ao passado.

3 – Através dos buracos negros
Segundo Hawking, a uso de radiação para abrir os buracos de minhoca poderia acabar inutilizando eles. Logo, a solução seria “navegar o rio das variáveis do tempo”. Para ele, o tempo flui como um rio, e nós somos carregados pelas correntes. Mas, assim como num rio de verdade, há lugares em que as correntezas são mais rápidas ou lentas – e essa seria a chave para as viagens ao futuro.

Tal ideia foi proposta por Albert Einstein há mais de 100 anos. A prova foi encontrada em satélites com relógios internos, que quando saem da Terra possuem um horário, mas quando chegam ao espaço, ficam adiantados. Isso, segundo ele, poderia ocorrer por motivos de que o tempo ali passaria mais rápido.

Einstein percebeu que a matéria se arrastava no tempo de forma retardada, como a parte lenta de um rio”, escreveu Hawking. “Quanto mais pesado um objeto, mais devagar ele se arrasta no tempo e essa realidade assustadora é o que abre a porta para a possibilidade de viajar no tempo para o futuro”.

Segundo ele, as chaves para realizar essas viagens são os buracos negros, objetos tão densos que nem mesmo a luz pode escapar de sua atração gravitacional. “Um buraco negro tem um efeito dramático sobre o tempo, ele é capaz de diminuir qualquer outra coisa na galáxia e isso faz dele uma máquina do tempo natural”, escreveu.

NBCNews ] [ Fotos: Reprodução / The Antimedia ]

Créditos Jornal Ciência

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO