Seguidores

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Novo vídeo da NASA nos convida a fazer um sobrevoo em Caronte, lua de Plutão



O enorme abismo de Caronte é 4 vezes maior e duas vezes mais profundo do que o famoso Grand Canyon

Novas imagens feitas pela sonda New Horizons mostra a lua Caronte, de Plutão, através de uma visão fantástica, com detalhes jamais vistos de seu complexo sistema de abismos.

E pra ficar ainda melhor, a NASA agrupou todas as imagens e criou um belíssimo vídeo, que nos permite fazer um sobrevoo histórico sobre a superfície de Caronte.


O enorme abismo de Caronte percorre cerca de 1.600 km sobre a superfície da lua de Plutão, e é pelo menos quatro vezes maior e duas vezes mais profundo do que o famoso Grand Canyon, localizado no Arizona, EUA.
Apesar de serem espetaculares, as novas imagens não capturam toda a extensão desse grande canyon de Caronte, pois grande parte desse gigantesco abismo se estende para o lado oculto da lua, região que a sonda New Horizons não podia ver durante sua abordagem, disseram funcionários da NASA.

Apesar de serem espetaculares, as novas imagens não capturam toda a extensão desse grande canyon de Caronte, pois grande parte desse gigantesco abismo se estende para o lado oculto da lua, região que a sonda New Horizons não podia ver durante sua abordagem, disseram funcionários da NASA.

Imagem composta feita pela sonda New Horizons no dia 14 de julho de 2015 mostra o sistema Plutão - Caronte, com

processamento de cores iguais. O tamanho relativo dos dois corpos são reais, porém a distância entre eles não.
Créditos: NASA

O sobrevoo da New Horizons revela que Caronte é um mundo surpreendentemente complexo e variado, com canyons, montanhas, barreiras de terra e muitas outras características de superfície.


"Nós pensávamos que a probabilidade de ver essas características interessantes sobre este satélite tão distante era muito baixa, mas não poderíamos estar mais satisfeitos com o que vemos!", disse Ross Beyer, afiliado da equipe SETI (Busca por Inteligência Extraterrestre) e do Instituto de Pesquisa Ames da NASA.

A sonda New Horizons também nos mostra que em algumas partes de Caronte não existem muitas crateras, ou seja, a paisagem se formou há relativamente pouco tempo. Os cientistas da missão acreditam na possibilidade de vulcões ou jatos de água serem os prováveis responsáveis pela paisagem de Caronte.
Imagem feita pela sonda New Horizons no dia 14 de julho de 2015 mostra Caronte, a maior lua de Plutão.
Nessa fotografia, podemos ver detalhes de até 2.9 km.
Créditos: NASA

"A equipe está discutindo a possibilidade de que um oceano de água interno poderia ter congelado há muito tempo, e a mudança de volume poderia ter permitindo que jatos à base de água alcançassem a superfície em alguma época", disse Paul Schenk, membro da equipe New Horizons do Instituto Lunar e Planetário da NASA.


As imagens que permitiram a criação do vídeo representam apenas uma pequena fração dos dados coletados pela sonda durante seu sobrevoo, feito em julho de 2015. As informações coletadas continuarão a ser enviadas até o fim de 2016.

Atualmente, a sonda New Horizons encontra-se a mais de 5 bilhões de km da Terra, e segue rumo ao interior do Cinturão de Kuiper, região repleta de corpos gelados localizada além da órbita de Netuno, e assim, continuar sua exploração nos confins do Sistema Solar.

Fonte

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO