Seguidores

domingo, 4 de junho de 2017

“Isto é por Alá”. O ataque de Londres contado pelas testemunhas que o viram


"O fanatismo de qualquer forma que seja é um câncer!". 
- Jonas Estefanski


Várias testemunhas têm relatado à imprensa britânica os ataques na Ponte de Londres e no Borough Market. Sete pessoas morreram e 48 ficaram feridas no duplo ataque terrorista.
Diversas testemunhas foram relatando ao longo desta noite, à imprensa britânica, o que viram no duplo ataque terrorista que aconteceu na noite deste sábado na Ponte de Londres e no Borough Market. Foi com base nestes testemunhos que foi possível identificar as diferentes fases de mais um ataque terrorista: atropelamento, tiroteio e esfaqueamentos na Ponte de Londres e ainda tiroteio e esfaqueamento no Borough Market, um mercado próximo daquela ponte. Resultado (até ao momento): sete mortos e 48 feridos.

“Esfaquearam uma rapariga 10 ou 15 vezes” e gritaram “Isto é por Alá”
Um dos primeiros testemunhos que circularam na imprensa britânica foi o de um homem chamado Gerard, que, contou à BBC ter visto “três homens muçulmanos a correr a começaram a esfaquear uma rapariga”. “Eles atacaram-na e depois esfaquearam outro rapaz”, detalhou.
“Tentei atirar-lhes garrafas, copos de cerveja, bancos e cadeiras, mas estava indefeso. Eles começaram a fugir e a gritar ‘Isto é por Alá’. Esfaquearam a rapariga talvez 10, 15 vezes. Ela só gritava ‘ajudem-me, ajudem-me'”, afirmou Gerard.
“Ouvi pelo menos dois tiros e voltámos a entrar no restaurante”
Thomas Daly, de 36 anos, tinha acabado de ver a final da Liga dos Campeões num bar na zona da Ponte de Londres. Quando tentou sair do bar, percebeu que as portas estavam fechadas e reparou no enorme aparato policial à entrada do estabelecimento. “As pessoas estavam a dizer que tinha havido um esfaqueamento no Borough Market e por isso é que estávamos ali trancados”, contou o homem, citado pelo The Telegraph.
“Sentámo-nos outra vez e alguns minutos depois toda a gente começou a entrar no bar e a ficar um pouco histérica. Muita gente estava a tentar fugir e quando fomos lá fora ouvimos tiros. Ouvi pelo menos dois tiros e nesse momento as pessoas que estavam a tentar fugir pela porta traseira tornaram a entrar”, explicou Thomas.
“Vi um homem com uma faca de para aí 25 centímetros”
Em declarações à BBC Radio 5 citadas também pelo The Telegraph, Ben e Natalie explicaram que estavam no exterior do Borough Market no momento do incidente. O casal relatou ter visto um homem vestido de vermelho com uma grande faca na mão a esfaquear um homem pelo menos três vezes.
“Parecia que o homem estava a tentar intervir, mas não havia muito que pudesse fazer. Estava a ser esfaqueado friamente e caiu ao chão”, contou Ben àquela estação de rádio. “Depois ouvimos três tiros, definitivamente eram tiros, e depois fugimos”, acrescentou o homem.
“Estava lá um homem que tinha sido esfaqueado,
Também citado pelo mesmo jornal, Jamie, um homem que estava num restaurante junto à Ponte de Londres, contou à Press Association o que viu. “Estávamos no restaurante Black and Blue, ouvimos barulhos, toda a gente se levantou para tentar fugir do restaurante e depois ouvimos um grande estrondo. Aí escondemo-nos debaixo das mesas e imensa gente começou a entrar no restaurante”, contou o homem.
“Depois, fugimos para o interior da cozinha do restaurante, onde estava muita gente e estava lá um homem que tinha sido esfaqueado, estava todo cortado e estava a sangrar imenso”, acrescentou Jamie, detalhando que ficou no interior da cozinha durante algum tempo até o local ser evacuado pelas autoridades.
Fonte

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO