Seguidores

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Incrível nascimento de planetas é flagrado por telescópio no Chile


Os sistemas estão evoluindo, e planetas estão surgindo diante dos nossos olhos!



Três redemoinhos, que são locais de formação de planetas, foram registrados em torno de estrelas jovens, revelando o "nascimento" de três sistemas distantes.

As imagens foram capturadas com o instrumento SPHERE (Spectro-Polarimetric High-contrast Exoplanet Research) que por sua vez está instalado no Very Large Telescope, do Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile. Esse instrumento, que entrou em operação em 2014, é sensível o suficiente para explorar a complexa interação entre os discos de poeira e gás que cercam jovens estrelas, chamadas discos protoplanetários, e seus planetas recém-nascidos.

A interação desses discos protoplanetários e seus planetas geram anéis com diferentes formas, desde os mais espirais até os alongados, ou sombreados. Segundo os funcionários do ESO, entender a diferença entre essas formas ainda é um desafio para os astrônomos.

O estudo foi aceito para publicação na revista Astronomy & Astrophysics. As três imagens que mostram o nascimento de planetas têm manchas escuras na parte central, indicando a localização da estrela que foi bloqueada pelo instrumento, pois só assim é possível observar o que está acontecendo ao seu redor.




Discos de formação planetária ao redor das estrelas: (da esquerda para a direita) RX J1615, HD135344B e HD 97048.
As estrelas, localizadas no centro das imagens são bloqueadas pelo instrumento.
Créditos: ESO         
Clique na image para ampliar


No primeiro dos três sistemas, encontramos a jovem estrela chamada RX J1615, que está localizada na constelação de Scorpius a 600 anos-luz da Terra. Essa estrela possui um disco uniforme, parecido com os anéis de Saturno, o que é incomum se considerarmos a maioria dos discos já observados. Esse sistema parece ter apenas 1.8 milhões de anos, com planetas ainda em formação.

O segundo sistema revela um disco mais assimétrico em torno da estrela HD135344B, que está a cerca de 450 anos-luz da Terra. A imagem mostra dois braços espirais bem enrolados que provavelmente foram criados por um ou mais protoplanetas maciços fora do disco. Segundo os pesquisadores, esses mundos poderão ter um futuro parecido com o nosso gigante Júpiter.

Os pesquisadores também detectaram quatro sombras escuras no disco, sendo que uma delas até mudou durante os meses entre as observações, mostrando que o sistema está evoluindo diante dos olhos dos pesquisadores.


No terceiro sistema, a estrela da região central se chama HD 97048, e ela revelou quatro anéis distintos, anteriormente invisíveis (que também são surpreendentemente simétricos). Esse sistema está na constelação de Chamaeleon, a 500 anos-luz da Terra.

Disco de formação planetária ao redor da estrela disco de formação planetária ao redor da estrela HD 135344B.
Créditos: ESO / T. Stolker et al         Clique na imagem para ampliar

As imagens detalhadas estão ajudando investigadores a compreender como os planetas em formação podem esculpir diferentes formas de discos em torno de estrelas jovens, e assim, melhorar nosso entendimento sobre como os processos ocorrem no início de sistemas planetários.



Imagens: (capa-ESO) / ESO / Very Large Telescope / T. Stolker et al




Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO