Seguidores

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Humanidade está à beira do apocalipse climático


Não tem mais volta: mudanças em curso na região da Antártica devem afetar 80% da população que vive em áreas litorâneas. 

O jornalista Jeff Goodell publicou recentemente uma pesquisa detalhada sobre o apocalipse climático que está se formando na Antártica. Goodell entrevistou os glaciologistas de maior prestígio no mundo e chegou à conclusão de que o prejuízo ambiental causado pelo desprendimento de calotas polares poderá ter consequências catastróficas para a humanidade. 

Um dos especialistas consultados, Knut Christianson, da Universidade de Washington, nos EUA, afirma que o glaciar Thwaites, localizado na Antártica Ocidental, é, atualmente, o maior foco de perigo. Seu desprendimento poderá desestabilizar as geleiras antárticas e provocar um derretimento mais rápido do continente. 

Dois cientistas eminentes, Ian Joughin, da Universidade de Washington, e Eric Rignot, da NASA, afirmam que o processo de desestabilização da crosta marinha já está em andamento. O fenômeno poderá causar um crescimento súbito da superfície oceânica e afetar 80% da população terrestre que vive nas zonas litorâneas.

O artigo destaca a irresponsabilidade dos governantes, que continuam ignorando o terrível impacto do aquecimento global no planeta. 



Fonte: RT 
Imagem: Shutterstock
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO