Seguidores

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Entidade católica teria feito pacto com Satã para morte do papa


Arauto lê carta de Satã

Plinio Correa de Oliveira (1908-1995), fundador da organização católica ultraconservadora TFP, está no céu, ao lado de Nossa Senhora, controlando o clima e tendo contato com Satã, como o qual ele fez um pacto para que o papa esquerdista Francisco morra logo.


É por causa disso que o Vaticano está investigando os Arautos dos Evangelhos, uma dissidência da TPF. Eles são acusados de adorar o “dr. Plinio” e mãe dele, dona Lucilia, que morreu em 1968, aos 92 anos.

A informação é do o jornal italiano La Stampa, cuja repórter vaticanista Andrea Tornielli apresenta como prova um vídeo onde um integrante dos Arauto lê uma comunicação do Satã, obtida em exorcismo.

Entre os presentes está o monsenhor o João Scognamiglio Clá Dias, que renunciou, ao menos oficialmente, à liderança da organização após o início de investigação do Vaticano.

“O Vaticano? É meu, o meu!”, diz Satã, de acordo com o texto lido pelo arauto.


"O papa faz o que quiser, ele é estúpido! Ele me obedece em tudo. Ele é minha glória, ele está disposto a fazer tudo por mim. Ele me serve. "

Satã continuou: “O papa vai morrer”.

Ele previu que o substituto de Francisco será Dias.

Confirmou que o “dr. Plino é o responsável pela mudança climática e aumento do calor”.

Antecipou que, em breve, um meteorito cairá no oceano Atlântico e destruirá a América do Norte.

Por ordem do dr. Plinio?


As lideranças dos Arautos dos Evangelhos deveriam estar internadas em um manicômio.

Com informação do La Stampa e foto de reprodução de vídeo.
 


Fonte

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO