Seguidores

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Debaixo do gelo da Antártica há estrutura misteriosa tão alta quanto a Torre Eiffel


ELMVILLA/ISTOCK
Cientistas da Bélgica e da Alemanha descobriram estruturas inesperadas debaixo da plataforma de gelo da Antártica: chamadas de “eskers”, elas são montes de cascalhos e outros sedimentos que caminham embaixo da terra e podem comprometer a estabilidade do continente.

Ainda misterioso, o fenômeno é perigoso porque as estruturas, que se formaram há milhares de anos e podem ser tão altas quanto a Torre Eiffel, perfuram o gelo e permitem que a água mais quente do oceano penetre na geleira, ajudando a acelerar o derretimento das geleiras.


Derretimento das geleiras: o que já se sabe

Os eskers se formaram porque debaixo das geleiras existem canais subglaciais (curvilíneos e finos) que canalizam a água que eventualmente se descongela, levando até o oceano.

Só que, quanto mais próximo do destino final, mais largas elas se tornam, e é exatamente isso que acontece a acumulação de sedimentos ao longo do tempo.

Nesses pontos de acumulação, o gelo fica mais vulnerável às águas quentes do oceano. Somado a isso, já existe um fenda crescendo na Antártica.


É por isso que descobrir mais sobre os eskers é tão importante, já que eles podem fazer o derretimento das geleiras acontecer mais cedo.

Fonte

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO