Seguidores

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Ao lado da namorada, pastor da Assembleia de Deus assume que é gay; assista


Caso polêmico aconteceu no Ceará e vídeo já foi assistido quase 1 milhão de vezes.
O vídeo em que um #Pastor de uma igreja Assembleia de Deus assume o homossexualismo está dando o que falar na internet. Publicado na quinta-feira (22), as imagens viralizaram e já foram assistidas quase um milhão de vezes. Paulo Rafael, como o homem se identifica no vídeo, é teólogo e estudante de direito no Ceará.

“Muito obrigado por todos os meus amigos estarem aqui nesta festa maravilhosa de aniversário. Hoje, nessa data especial, tenho algo muito importante para falar para vocês e queria que cada um absorvesse da melhor forma o que eu vou dizer”, disse ele, ao lado da namorada.

“Eu escolhi a dedo cada um que estaria no meu aniversário hoje, porque eu queria ver sorriso em vez de lágrimas e apoio em vez de isolamento.

Então, sintam-se honrados com o que eu vou dizer para vocês”, afirma o pastor. “Meus amigos, eu, Paulo Rafael, gosto de todos vocês. Mas a história que vou contar para vocês é um absurdo. É a história de um jovem rapaz que nasceu no Ceará, num lar evangélico, na Assembleia de Deus”, continua.

Na sequência, o rapaz diz que certo momento de sua vida percebeu que era diferente e isso fazia com que se sentisse mal. “A minha diferença não podia ser dito, porque ela era um absurdo. Eu convivi com esse absurdo todos os dias da minha vida até hoje”, desabafou o homem.

Segundo ele, sua situação era a de quem tinha uma arma apontada contra si. “Tinha medo que essa arma pudesse disparar a qualquer momento. Hoje, eu estou desarmando essa arma”, diz Paulo Rafael. “Eu trabalho, pago as minhas contas, eu sou evangélico, sou uma pessoa que gosta de Deus, gosto da Bíblia, de Jesus, do Espírito Santo, eu creio em Deus, eu passo por muitos problemas, mas sempre quero lutar e batalhar, para mim sempre vencer, nunca desistir, ter força para continuar, eu sou gay (sic)”, afirma o pastor evangélico.

Na sequência, ele diz que continua sendo cristão, mas se despede dos altares e da igreja por uma questão de coerência. No final, ele foi aplaudido pelos convidados, que gritaram o seu nome.

Homossexualismo
A Bíblia Sagrada condena veementemente o #homossexualismo, mas não apoia, de forma alguma, a homofobia. O primeiro argumento contrário ao relacionamento entre pessoas do mesmo sexo aparece no primeiro livro das Escrituras, Gênesis.


Deus criou o homem e depois criou a mulher e pediu para eles que se multiplicassem. Além do homossexualismo, também são condenados práticas como a fornicação (sexo antes do casamento), entre muitas outras coisas que são descritas como pecado pela Bíblia. Veja o vídeo com o depoimento de Paulo Rafael: Vídeo

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO