Seguidores

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Os métodos de execução mais cruéis da história

No decorrer da história, os poderosos de cada época não pouparam no sadismo na hora de castigar seus adversários. 

Abaixo, listamos algumas das execuções mais cruéis de todos os tempos.

Serrão: O corpo era partido verticalmente em dois com uma serra. O método era feito para manter o condenado vivo durante grande parte do processo.
Escafismo: Utilizado pelo Antigo Império Persa, o escafismo consistia em trancar o condenado em uma caixa de madeira com seus membros expostos e besuntados com mel, para que fosse devorado por insetos.
Esfolamento: Foi praticado em diversas partes do mundo. O inimigo, ainda vivo, tinha sua pele extraída com uma faca afiada.
Ebulição: Durante o reinado do monarca inglês Henrique VIII, os envenenadores eram condenados a morrer imersos em um líquido fervente.
Morte por mil cortes: Praticado na China até o ano de 1905, o terrível castigo consistia em cortar aos poucos o corpo da vítima com uma faca afiada, de modo a tentar lhe causar o máximo de dor possível antes de sua morte.
Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO