Seguidores

terça-feira, 30 de maio de 2017

Homem passou 9 anos em uma ilha deserta, até que alguém viu no Google o seu sinal de SOS

Você, sem dúvida, já viu filmes de desastres onde o protagonista se torna um náufrago em uma ilha deserta. Bem, veja agora a fascinante história de como a tecnologia digital do nosso tempo, o Google Earth, salvou a vida de Adam Jones depois dele passar 9 longos anos em uma ilha sozinho.

Photo: boatravel.com

Adam Jones havia embarcado em uma longa viagem para o Havaí saindo de Liverpool, Inglaterra com dois de seus amigos em 2006. Eles planejavam cruzar o Oceano Atlântico e o Canal do Panamá de barco saindo de Liverpool, sua cidade natal.
Photo: discernimento.com.br

No início de sua viagem, tudo ocorria bem, no entanto, o que se seguiu foi absolutamente insano. Ao chegar ao Oceano Pacífico, o barco ficou preso em uma tempestade horrível!

A tempestade danificou o barco e destruiu a maior parte de seu equipamento eletrônico. Os dois amigos de Adam caíram no mar e ele ficou inconsciente. Adam ficou à deriva no oceano por 17 dias antes de chegar à terra.
Ele não esperava que viver na ilha seria tão difícil. Seu abastecimento de água só iria durar duas semanas, ele teve que construir uma engenhoca para armazenar e filtrar uma gota de água por minuto. Sua abrigo temporário com os restos do barco não deu certo, e Adam precisou de um novo. Ele derrubou uma árvore usando uma concha, mas levou 11 semanas para fazer isso.


Photo: earthintegral.files.wordpress.com
Adam estava completamente sozinho em uma ilha isolada e deserta. Encontrar comida era o seu maior problema, mas ele encontrou 8 cabras selvagens enquanto caçava. No entanto, ele não tinha nenhum equipamento de caça, ele tentou fazer um arco e flecha, mas não funcionou. Felizmente, um bode ficou preso em alguns arbustos de árvores. Adam levou 15 minutos para matar o animal e a carne que ele aproveitou do animal chegaria a 50 kg. Ele afirmou que a experiência de caça foi horrível.


A sobrevivência de Adam dependia em grande parte de sua força física. Ele admite que teve que trabalhar duro todos os dias e fazer todos os tipos de exercícios, incluindo correr na praia. No entanto, Adam afirmou que a parte mais difícil foram os desafios psicológicos pelos quais ele teve que passar.


A solidão e a sensação de que ele nunca seria resgatado o destruía ano após ano. Ele construiu um sinal de SOS de 3 metros de largura, mas achou que não seria visível do céu. Ele limpou uma grande área de terra e fez um sinal ainda maior. Ele esperava que um avião sobrevoasse a ilha e o piloto visse o sinal para poder resgatá-lo.
Um dia, Adam ficou chocado ao ouvir o som de um avião passando por cima dele. Ele acenou para ele muitas vezes e o avião jogou alguns suprimentos. Havia comida, água, um rádio e um kit médico. Ele usou o rádio para falar com o piloto, foi o primeiro contato que ele fez com qualquer pessoa em 9 anos.


Photo: meteoweb.eu
Depois de uma longa conversa, ele perguntou ao piloto como eles foram capazes de encontrá-lo. A resposta foi totalmente imprevisível: um jovem em Minnesota tinha notado um sinal de SOS de Adam no Google Earth! Ele chamou as autoridades e Adam Jones foi encontrado! Uma missão de resgate incrível que foi possível graças à esta tecnologia surpreendente!
A resistência surpreendente de Adam, mostrando que mesmo com todas as adversidades, ele não desistia, o fez suportar todas as dificuldades, esperando e continuando esperando pela ajuda, acabou não sendo em vão.

Fonte: [Ofigenno]

Fonte

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

6 comentários:

  1. Fake

    http://www.e-farsas.com/google-earth-encontra-mulher-perdida-em-ilha-deserta-depois-de-7-anos.html

    ResponderExcluir
  2. O lado ruim da tecnologia é que permite qualquer um como o administrador deste blog, fazer postagens sem ao menos largar a preguiça em buscar uma fonte inquestionável antes de disseminar a mentira para todos. Será que não sentem vergonha.

    ResponderExcluir
  3. De onde vem a fonte, precisamos saber, do contrario isso se torna uma noticia inútil?

    ResponderExcluir
  4. Eu naveguei no Google e achei essa aqui: https://lh3.googleusercontent.com/-gInyIPcEGv4/WAhbwAmt4jI/AAAAAAAACUM/2FsCp3G_b8wTBqLl7OVLxsBZ5sZMei7BACJoC/w579-h412-p/Mississippi.JPG

    ResponderExcluir
  5. 9 anos e mto tempo. N teria como pescar, água potável p 9 anos, caô.

    ResponderExcluir
  6. PARABEINS GOOGLE, PELOS BONS FEITOS PELA SOCIEDADE HUMANA!

    ResponderExcluir

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO