Seguidores

sexta-feira, 19 de maio de 2017

EXTRA: Em março, bruxo fez ritual contra Temer e acertou data do caos ::UC::

Situação foi compartilhada nas redes sociais no dia 6 de março

Um usuário do Twitter divulgou que um homem, chamado Eric Satine e descrito como um “bruxo”, fez um ritual contra o presidente do Brasil, Michel Temer. A suposta maldição passaria a vigorar a partir de 70 a 72 dias após sua execução, que ocorreu em 6 de março de 2017.

Curiosamente, 72 dias após a publicação de Satine, foram divulgados os áudios que mostram Michel Temer sugerindo pagamento ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para que ele ficasse em silêncio. A revelação desse material causou uma crise política no Brasil e colocou em cheque a credibilidade de Temer.


Veja a publicação do internauta que revelou os prints de Eric Satine:
“Inspirado por minhas irmãs americanas que fizeram um ritual contra Trump eu decidi fazer minha parte contra o Temer. Inicio do meu ritual contra Michel Temer e sua agenda maléfica. É um ritual que visa amarrar toda e qualquer ação maldita planejada por ele e seus parceiros junto com uma maldição”, diz o homem.


Em entrevista ao site “BuzzFeed”, Eric Satine disse que a imagem não representa um ritual de verdade, mas garantiu que um procedimento foi realizado. “Meu ritual foi nessa mesma estrutura, mas se eu postasse uma foto do ritual que eu diz, estaria vulnerável. Qualquer bruxo que visse poderia tentar revidar”, afirmou.



Ele afirmou, ainda, que Temer é “alinhado com forças ocultas e tem quem o protege”. Veja o post original de Eric Satine:
Em outra publicação, feita na última quinta-feira (18), Eric Satine agradeceu pela atenção e repercussão. “As bruxas, meus amigos, elas são poderosíssimas”, afirmou.
 Igor Miranda
Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO