Seguidores

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Espada rara que pertencia a Ivan, O Terrível é encontrada na Sibéria


Foi encontrada enterrada sob uma árvore na região de Novosibirsk, uma espada medieval que, de acordo com eruditos pertencia a Ivan, o terrível. Os pesquisadores estão muito entusiasmados com a descoberta e esperam aprender mais sobre esse precioso item e a história por trás dele. É a única arma de seu tipo já encontrada na Sibéria.


De acordo com estudiosos que tiveram a chance de analisar esta espada medieval, eles acreditam que a mesma pertencia ao czar Ivan o Terrível, e que tenha vindo do arsenal real como um presente na época da conquista da Sibéria.

Especialistas sabem que a espada originou-se da Europa Central mais provavelmente na bacia do Reno na Alemanha, isso antes de ser transportada para o continente sueco, para a ilha de Gotland. Lá a mesma foi adornada com um identificador de prata e ornamentada no padrão de “Ruse” Nórdico.
De acordo com o arqueólogo Vyacheslav Molodin, a lâmina tem gravuras em ambos os lados da lâmina. O estilo da caligrafia na lâmina sugere que foi feita por povos com conhecimento de técnicas “epigraphic” avançadas da escrita, fazendo lhe um artigo histórico muito original e valioso.

Os principais especialistas russos no Museu Hermitage de São Petersburgo decodificaram o texto em latim na lâmina de um metro de comprimento, que diz:

A inscrição principal se lê: N [omine] M [atris] N [ostri] S [alva] t [ORis] Et [eRni] D [omini] S [alvatoRis] E [teRni], com um adicional no mesmo lado Da lâmina que diz C [hRis] t [us] Ih [esus] C [hRis] t [us]. Isto significa: “Em nome da mãe de nosso salvador eterno, eterno Senhor e Salvador. Cristo Jesus Cristo.


A inscrição no verso é mais difícil de ler, mas a primeira palavra “NOMENE” – claramente visto – ajuda a reconstruir o resto como “N [omine] O [mnipotentis]. M [ateR]. E [teRni] N [omin] e ‘, que significa’ Em nome do Todo-Poderoso. A Mãe de Deus. Em nome do Eterno “. – Siberian Times.

Várias teorias foram propostas sobre como a espada acabou parando na Rússia. A maioria dos estudiosos sugerem que ela foi levada ao longo de uma rota de comércio, ou tomada como um espólio de guerra. Ivan IV Vasilyevich ou mais comumente conhecido como Ivan o Terrível, foi o Grande Príncipe de Moscou de 1533 a 1547 e Tsar de Todas as Russias de 1547 até sua morte.

Esta famosa espada foi descoberta no steppe da floresta de Baraba, aproximadamente três quilômetros de onde ficava Koltso, o aliado o mais próximo de Yermak, morto em batalha.

Segundo os historiadores, espadas como estas não eram muito típicas na Rússia, tem semelhanças com as espadas que foram amplamente utilizadas pelos cavaleiros europeus.
Depois de uma pesquisa exaustiva sobre armas antigas e suas origens, Vyacheslav Molodin, preparou um relatório sobre suas descobertas e concluiu que a espada é originada da Europa e datada do final do século XII ou início do século XIII. Aceitando a teoria proposta que provavelmente foi trazida para a Rússia durante uma missão comercial.

Fonte: [Siberiantimes]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO