Seguidores

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Artista diz ter perdido sua virgindade para ET

Um homem alega ter perdido sua virgindade para ET!

Essa é uma grande linha de abertura para um romance ou um filme de ficção científica, mas David Huggins diz num novo documentário que esta é a verdadeira descrição do dia mais importante de sua vida.  O artista surrealista tem pintado sobre experiências surreais com alienígenas, inclusive seus filhos híbridos, e isto é assunto de um documentário discutido por muito tempo, que finalmente foi liberado, chamado Love and Saucers (algo como “Amor e Discos [Voadores]”).

Alguns dos trabalhos de arte de Huggins (não seguros para o se ver no trabalho, e nem para crianças) parecem lembrar pornografia alienígena, mas ele culpa isto ao impressionismo… sem mencionar o trauma psicológico dos encontros alienígenas… até mesmo aqueles que incluem sexo de fora deste mundo.



Em entrevistas anteriores sobre sua experiências e sua arte, Huggins, agora com 72 anos e morador da cidade de Hoboken, na Nova Jersey (EUA), alega que foi visitado por alienígenas pela primeira vez no início da década de 1950, quando tinha 7 ou 8 anos e vivia no estado da Georgia.  Naquela época ele não sabia o que eles eram, porém mais tarde determinou que eram alienígenas Gray.

Isto não soa como algo tão atraente. Huggins diz que falou aos seus pais sobre isto e eles creditaram isto à sua imaginação vívida, pré-artística.

Ele diz que as coisas ficaram melhores quando completou 17 anos e conheceu uma alienígena de nome Crescent, enquanto fazia uma caminhada.  Aparentemente seus grandes olhos negros, face pontuda e pálida e cabeça de Gray coberta por uma peruca o atraiu, porque ele alega que os dois ficaram nus e fizeram sexo.  Em uma de suas pinturas ilustrando ele perdendo sua virgindade, a Crescent, nua, se parece muito como uma mulher humana.



Huggins não somente perdeu sua virgindade, mas também se tornou pai – ele alega que o casal teve mais de 50 crianças híbridas, algumas das quais ele pintou. Embora tenha tido muita relação sexual com a Crescent,  ele diz que normalmente é sedado e sua experiência é ‘amortecida’. Pobre homem.


Também tem havido contato com outros Grays que os encorajam a fazer sexo com Crescent e procriar as crianças híbridas. Ele acredita que os ETs possam também ter salvo sua vida ao alertá-lo sobre uma cobra, e salvá-lo de um afogamento.  As conversas com os outros Grays têm sido longas e contínuas.

As pinturas parecem celebrar suas experiências, como também uma foram de lidar com elas. A arte impressionista mostra alienígenas e espaçonaves no formato de discos.

Huggins diz ter ido a reuniões de abduzidos quando estava com quarenta e tantos anos e achou que estes eram “clubes que ninguém gostaria de fazer parte”.  Ele também foi a um neuroteólogo (neuroteologia liga experiências de comportamento religiosos ao sistema nervoso), o qual sugeriu que um trauma ou um ataque epilético poderia ter sido responsável pelas visualizações que Huggins acredita serem reais. Huggins também é um ávido fã de filmes de ficção científica, fantasia e de terror.

Huggins chamou a atenção em 2014, quando o produtor de cinema Brad Abrahams concordou em fazer um documentário após escutá-lo no rádio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO