Seguidores

terça-feira, 18 de abril de 2017

Filha de pastor é presa por estuprar uma criança de 10 anos

Segundo informações da polícia, o abuso aconteceu dentro da residência da acusada.
Uma mulher foi presa acusado de ter violentado sexualmente uma criança, na cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos. A acusada de ter cometido o crime foi identificada pela polícia como Kristen Ledbetter, de 30 anos, que é filha de um pastor americano identificado como Claude Ledbetter, que é muito famoso na localidade.

Para as autoridades locais, a mulher é a principal suspeita de ter abusado sexualmente um garotinho de 10 anos, dentro da sua residência. O pastor pai da acusada disse a um meio de comunicação local que a sua filha é inocente das acusações.

Segundo informações repassadas pela mídia local, em outubro de 2016, o pai da vítima foi até uma delegacia de polícia da cidade onde registrou um boletim de ocorrência contra a acusada, relatando que o seu filho tinha sofrido abusos sexuais. Ainda de acordo com mídia local, a vítima também prestou depoimento para a polícia e contou detalhes sombrios como foi abusado pela mulher.

Mitch McGill, chefe da polícia de Pauls Valley, relatou que é muito difícil investigar o caso por se tratar de uma criança. "Acho que é provavelmente o caso mais difícil como um oficial, ou um detetive que você teria que fazer é investigar uma criança que foi molestada ou violentada sexualmente", disse Mitch McGill. Kristen Ledbetter foi acusada abuso sexual contra uma criança com menos de 16 anos e de sodomia oral forçada.

Segundo mídia local, o julgamento está marcado para o final deste ano. Caso a filha do pastor seja condenada, ela pode pegar até 40 anos de cadeia. Por sua vez, o pai da acusada, o pastor Claude Ledbetter, da igreja de Church of the Nazarene, em tradução livre Igreja do Nazareno, disse a um canal de TV local que a sua filha é inocente e foi acusada injustamente.

De acordo com informações da polícia, a mulher está presa na Cadeia do Condado de Garvin, porém pode responder o processo em liberdade caso pague uma fiança equivalente a R$ 466 mil.

Um amigo da família, o pastor Bruce Ford, relatou que ficou chocado com as acusações. "Fiquei chocado. Fiquei chocado. Conheço Kristen há um tempo e, você sabe, as acusações são duras. Meu encorajamento a todos nós é, em vez, de apontar os dedos, orar pela família. Ore por toda a situação porque é tudo o que podemos fazer", disse Ford. 
#Estupro #Investigação Criminal #Casos de polícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO