Seguidores

sexta-feira, 31 de março de 2017

Incompreensível : A história de Paul Dienach, o homem que entrou em coma e acordou no ano 3.906...

A história esta além do fascinante, é difícil de acreditar de acordo com muitos. Paul Dienach passou um ano em estado de coma, vítima de uma doença estranha. Ao despertar, ele assegurou que sua consciência tinha viajado para o corpo de um homem no ano de 3906. O que ele descobriu sobre o futuro é simplesmente inacreditavel!!


Tudo o que ele viu, sentiu e ouviu foi escrito no livro "Crônicas do Futuro", que contém o diário de um homem que nunca pretendia que suas palavras fossem reveladas ao mundo.

Dada a natureza das alegações, muitos irão imediatamente rejeitar este testemunho como uma grande ilusão.. No entanto, o que Dienach experimentou mudou para sempre sua vida.

Vamos começar do principio. Dienach foi um professor que viveu no início do século passado na Europa Central.

Ele nunca pensou em ser escritor, ou tão pouco viajar no tempo. No entanto um giro do destino o levou a isso...

A história começa em 1921, quando Dienach foi vítima de uma grande epidemia de encefalite letárgica, e como resultado disso acabou em estado de coma. Durante este tempo, ele permaneceu por um ano em um hospital em Genebra.

Quando acordou, começou a escrever em seu diário, no qual ele disse que durante todo aquele ano estava completamente acordado e que experimentou algo inacreditável.

Como Dienach explica em seu diário - que mais tarde se tornou um livro - longe de ser confinado a sua cama, sua consciência viajou para o corpo de outro homem chamado Andrew Northman, uma pessoa que viveu no ano de 3906. 

Durante o tempo que Dienach ficou em coma, no ano 3906 o físico Andrew Northman sofre um acidente grave e tem uma experiência de quase-morte (NDE). Quando ele (Northman) acorda momentos depois, ele fala em uma língua desconhecida (supostamente suíço do século 20). Além disso, Northman não reconhece os membros de sua família, e tinha grandes dificuldades para dormir. Ele ficava sempre acordado.

Como Dienach escreve, as pessoas no ano de 3906 perceberam que uma consciência diferente estava no corpo de Andrew Northman e eles decidiram contar a ele tudo o que havia acontecido no mundo durante os últimos dois milênios.

As pessoas do futuro explicaram que uma nova espécie de seres humanos o 'Homo Occidantalis Novus' apareceria na Terra.

Ao acordar - depois de experimentar os eventos mais inacreditaveis de sua vida - Dienach temia ser considerado um louco, então ele não disse a ninguém o que tinha acontecido com ele.

No entanto, tudo mudou quando Dienach mudou-se.

Aos 36 anos, a saúde de Dienach piorou, então ele decidiu mudar-se para a Grécia onde o clima era mais adequado para sua saúde. Em 1922 após fazer toda a mudança ele começou a ensinar francês e alemão em uma escola.

Entre seus muitos estudantes havia um homem chamado George Papahatzis, que descreveu Dienach como sendo "um homem modesto que costumava prestar atenção aos detalhes".

Depois de dois anos, a saúde de Dienach ficou um pouco pior, e ele decidiu mudar de novo, agora para a Itália. No entanto, antes de deixar a Grécia, entregou o seu diário a Papahatzis, seu aluno favorito, para praticar seu alemão, traduzindo o texto do alemão para o grego.

Dienach em 1924 morreu de tuberculose. Por sua vez, Papahatzis traduziu o texto ao longo de um período de 14 anos, de 1926 a 1940. No início, ele pensou que era um romance, embora muito raro. Mas, à medida que avançava, percebeu que o que estava traduzindo era na verdade algo que mudaria para sempre o que pensamos ser possível e impossível.

Estas são as previsões de Paul Dienach para o futuro da humanidade.


2000-2300 AD : A humanidade ainda está lutando com os problemas de superpopulação, destruição ecológica do meio ambiente, desigualdades econômicas, sistema monetário errado, falta de nutrição adequada para todas as pessoas e guerras em locais pequenos. 

Em 2204 A.D. se completa um grande projeto de colonização do planeta Marte, com mais de 20 milhões de pessoas. Mas em 2265 A.D. uma grande catastrofe natural mata todos eles. Nunca mais a humanidade tentou colonizar Marte.

2309 A.D. Como resultado de problemas acumulados e não resolvidos, outro grande desastre chega à terra e é a grande guerra global. Uma grande parte da civilização, como a conhecemos, simplesmente deixa de existir.

2396 A.D. Esta grande mudança leva ao estabelecimento final de um Parlamento Global na Terra da União Global de Nações ou Estados. Mas este Parlamento Global, embora eleito através do voto das nações, não é de políticos ou homens de negócios, mas de cientistas, tecnólogos e figuras humanitárias. O dinheiro como o conhecemos não existe mais. Os recursos planetários são redistribuídos e agora são suficientes para cada pessoa. A superpopulação, o clima, a nutrição e os problemas ecológicos são resolvidos.

3382 A.D. Um fenômeno notável acontece na humanidade. As pessoas, uma após a outra, adquirem de repente uma nova capacidade espiritual que poderia ser chamada hiper visão ou hiperintuição. Um acesso direto à "grande luz espiritual" ou ao "Conhecimento Direto" com poderes criativos extremamente poderosos e claros. É também uma mutação do cérebro humano.

3400-4000 A.D. Uma nova "Idade de Ouro" chega na humanidade depois de quase 1.000 anos de "idade negra". Tudo na sociedade é livre, roupas, casa, comida, transporte, etc. Não há propriedade privada e as únicas desigualdades são as de Honra e reputação.


Fonte\Fonte


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO