Seguidores

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Encantadores de serpentes: crianças mantêm tradição de dominar cobras venenosas na Índia


Prática ainda sobrevive longe dos grandes centros, apesar de legislação de proteção aos animais

A prática de hipnotizar cobras faz parte da cultura da Índia em várias regiões, como Haryana e Uttar Pradesh. Acredita-se que seja algo que, entre outras coisas, traga sorte. Apesar de legislação contrária à atividade, parte da população continua a exercer essa iniciativa secular
Foto: Reuters

A prática também gera um certo conflito de gerações. Aos 14 anos de idade, o encantador Kuldip Nath lembra que eu entrou na atividade para seguir seu pai na busca de cobras, mas disse que se arrepende por não ter ido à escola
Foto: Reuters



Na aldeia que vive, Jogi Dera, as novas gerações dão continuidade. Sempre foi comum crianças até com dois anos de idade entrarem em contato com esses animais, inclusive os venenosos. Buti Nath toca uma flauta de garrafa e então o réptil mortal começa a balançar. Surdas, as cobras não escutam o som, mas seguem a sua vibração
Foto: Reuters

Ele é membro de uma antiga tribo de encantadores de serpentes conhecida como Saperas, que ao longo das gerações têm prosperado na captura de cobras venenosas, fazendo-as seguir a música que tocam. Ele diz à Reuters:
— Mais de sete gerações de nossas famílias têm feito isso e nós também
Foto: Reuters

Morador do Estado de Uttar Pradesh (onde fica Jogi Dera), o mais populoso da Índia, ele completa:

— Somos chamados sempre que há animais perigosos que entram nas suas casas ou nos campos - nós vamos até lá para e os pegamos com coragem
Foto: Reuters

Cobras são reverenciadas pelos hindus na Índia e encantadores de serpentes são considerados os seguidores de Lord Shiva, o deus hindu de pele azul, que é retratado geralmente vestindo uma cobra em seu pescoço
Foto: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO