Seguidores

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Vídeo: PCC faz reunião e comemora massacre de presos em Alcaçuz

'Se Deus é por nós, quem será contra nós?', gritam detentos após encontro que reuniu cerca de 50 pessoas após mortes de 26 internos em penitenciária do RN


Um vídeo gravado por detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, cidade vizinha a Natal, no Rio Grande do Norte, mostra líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) em reunião com outros presos após o massacre onde 26 detentos morreram no último sábado.
No vídeo, um detento discursa e parabeniza os demais pelas mortes. Cercado por mais de cinquenta presos, ele afirma que, mesmo o PCC estando em minoria no presídio, eles conseguiram dominar dois pavilhões e não “pegaram outro (pavilhão) porque acabou a munição dos nossos irmãos”.
Em seguida, o mesmo detento afirma que o massacre resultou na morte de 33 presos, segundo as contas do PCC. “Chegou até mim que já foram 33 mortos do Sindicato (facção rival filiada ao Comando Vermelho) e, graças a Deus, não perdemos nenhum dos nossos irmãos”, afirma o preso. As imagens começaram a circular nas redes sociais nesta segunda-feira.
No final do vídeo, outro detento começa uma série de gritos de guerra: “Fé em Deus que ele é justo”, “Um por todos. Todos por um” e “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”. Na sequência, os presos gritam o nome do PCC e o slogan da facção criminosa: “Paz, justiça e liberdade”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO