Seguidores

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Cão é libertado após passar 4 anos acorrentado na neve



Muitas vezes os animais são vítimas de abuso. O número de maus-tratos a animais aumenta exponencialmente todos os dias.
Em Yukon, no noroeste do Canadá, um cachorro chamado Diesel, ficou acorrentado e preso fora de casa durante 4 anos. O maior problema é que Yukon é um dos lugares mais frios do Canadá, com temperaturas que chegam até – 60º Celsius.


Os maus tratos infelizmente não param por aí. Diesel nunca recebeu banho ou foi limpo, fazendo com que ele tivesse cheiro forte e péssimas condições de higiene. Devido à vulnerabilidade que Diesel ficava exposto, sempre acorrentado no lado de fora, ele constantemente era atacado por outros animais.
Ele já foi atacado por outro cão que lesionou seu ombro e um cavalo deu um coice no pobre animal, fazendo com o que ele perdesse todos os dentes da boca. O vizinho, que denunciou seu sofrimento para a Animal Advocates Society, uma cooperativa que ajuda animais abandonados e em situação de risco, declarou:

Ele está terrivelmente embaraçado. Ele fede a algo horrível e seus olhos e nariz não parecem tão saudáveis. Sempre tem muco vazando de ambos. Ele está preso perto de uma casa de cachorro. Mas nunca o vi usar a casa… talvez ele não caiba mais… ele parecia um cão muito doce até ser condenado a uma vida em uma cadeia”.
A Animal Advocates Society entrou rapidamente em ação e resgatou Diesel, acabando com seu sofrimento. Eles levaram o cachorro para o veterinário, onde removeram um pequeno tumor de sua mandíbula, deram-lhe medicamentos para tratar uma infecção e o castraram. Após se recuperar totalmente, Diesel foi levado para um novo lar adotivo em que foi acostumado a ficar ao lado de outros cães e pessoas e viveu uma vida feliz, amando por todos que estavam a seu lado.

Para um animal que tinha sido acorrentado por quatro longos anos, em temperaturas absurdas de frio, Diesel pôde viver uma parte de sua vida de forma bastante libertadora e saudável.
Lifebuzz ] [ Foto: Reprodução / Lifebuzz ]
Jornal Ciência

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO